sexta-feira, janeiro 20, 2006

natal...é quando um homem ou uma mulher quiser


fotos de ff

Mail de uma amiga que está a viver em Inglaterra, escrito dias depois de ter voltado para a sua morada anglo-saxónica após os intensos festejos natalícios transmontanos


Será que já alguém pensou que os enfeites de Natal podem ser um assunto de conversa interminável??Pois eu hoje, durante os 10 minutos que separam a minha casa do meu trabalho, apercebi-me que sim, que uma conversa sobre enfeites de Natal "tem pano para mangas"!
O que me levou a pensar nisto foi o Ben ontem ter falado que aqui se diz que dá azar ter os enfeites de Natal depois do dia 6 de Janeiro (será que também se pensa assim em Pt e eu estou completamente fora??).

Então, depois deste "ingrediente" para a minha cabeça começar a germinar ideias, eu pensei:O Azar realmente não tem mais nada que fazer do que andar de casa-em-casa a ver quem ainda tem os enfeites de Natal; estou mesmo a imaginar o tipo (o Azar, imagino-o masculino) com malas e bagagens a andar pelo mundo todo a verificar cada casa!E se o tipo calha ser como aqueles policias que passam multas de estacionamento e não perdoam?"Ora bem, mais uma multinha: dia 7 de Janeiro de 2006, 0h05min. Esta já cá canta e escusam de vir com conversa de que foi dia dos Reis e que a malta andou a cantar as Janeiras e que não deram conta das horas. Tiveram tempo suficiente para tirar os enfeites e como sempre deixaram para a última da hora. A lei é para se cumprir!"

E a ser verdade que o Azar anda mesmo de casa-em-casa, então ou o tipo é como o Super-Homem ou então demora uma eternidade a verificar as casas de todo o mundo.E a ser a segunda hipótese (não quero por em questão se o Super-Homem existe ou não), se pensarmos no trajecto da viagem, imaginemos então que começa no continente Americano e dá a volta ao mundo no sentido dos ponteiros do relógio e do Sul para o Norte: quando chegar aqui, ao local do meu pensamento, se calhar já passou quase um ano e já estaremos outra vez no Natal!! E então eu não apanho multa! :) :) :) - epa, há malta sortuda ;)

Mas ainda outra questão se levantou no meu pensamento naquele percurso (e, para ser justa, devo dizer que as ideias só começaram a surgir a meio do caminho por isso só pensei no assunto nos últimos 5 minutos):E será que o Azar, ao chegar a cada continente, pais, cidade, etc., terá de se actualizar quanto aos costumes de cada lugar?
1) Se assim for, então como fará no caso dos emigrantes que enfeitam as suas casas de acordo com o seu pais-natal? O tipo pode ficar um pouco baralhado e tirar conclusões precipitadas e dai surgirem danos irreparáveis!!
2) E, se assim não for, então como fará para distinguir uma coisa que num país é usada como enfeite de Natal e noutro seja usada como um objecto decorativo? Grande dor-de-cabeça!!
Mas ainda há mais:

E se o Azar chega a uma casa onde existem enfeites de dois países diferentes? (imaginemos uma chinesa casada com um africano - certamente os costumes serão diferentes) Então só "multa" a 'nacionalidade' que lhe parecer mais natalícia relativamente ao pais em que vivem?Não me parece justo...

Bem, se calhar também não e' justo fazer as pessoas perderem tempo a lerem os meus pensamentos, quando poderiam estar a tirar os enfeites antes que a "verificação" chegue!! ;)

Eu não estou muito preocupada, não creio que a verificação chegue antes do próximo Natal, por isso só vou tirar os meus postais de Natal da minha janela quando achar que já não combinam com a estação :)

Ah, e já agora:
Feliz Natal!!
Então o Natal não é quando uma pessoa quer??!! E por consequência o dia dos Reis também :)” Sissa Bento

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

Hiperligações para esta mensagem:

Criar uma hiperligação

<< Página inicial